Saiba o que é prostatite

A próstata é uma pequena glândula masculina, que tem cerca de 3 centímetros e fica logo na base da bexiga, na primeira porção da uretra. Ela é a responsável pela produção de 70% do líquido que é ejaculado durante um orgasmo.

Esse líquido nada mais é do que uma solução alcalina que se junta e protege os espermatozoides para que possam avançar no ambiente vagina, que é mais ácido.

Por causa do local onde fica, as doenças na próstata costumam estar associadas com problemas de bexiga e urinários.

A prostatite, por exemplo, é uma inflamação da próstata, que leva ela a apresentar um crescimento atípico, gerando sintomas desagradáveis como desconforto e dor, além de impedir a passagem da urina.

Na maioria dos casos, o problema é causado por infecções bacterianas, mas também pode estar relacionado com algum tipo de infecção fúngica, viral ou de outros agentes nocivos.

De uma forma geral, existem dois principais tipos de prostatite, que são os seguintes:

  • Prostatite aguda, causada por infecções bacterianas
  • Prostatite crônica, que é o tipo que acontece naturalmente por causa da idade mesmo

Está interessado no assunto? Então vamos saber um pouco mais sobre esse problema que afeta a próstata masculina.

Como é o diagnóstico?

Na maioria das vezes, o exame de toque retal é o mais comum para identificar o problema e pode indicar uma dor na próstata. O médico também pode solicitar a realização de exames complementares para que seja possível excluir condições que possam ser causadoras desse sintoma.

Exames complementares também podem determinar o tipo de prostatite, tal como a cultura de sangue, testes de bexiga e exames de urina.

Fatores de risco para prostatite

A prostatite é uma condição infecciosa causada por bactérias, sendo que alguns dos fatores de risco associados a essa doença são os seguintes:

  • Doenças do sistema nervoso
  • Ser um jovem ou adulto de meia-idade
  • Lesão na área da próstata
  • Trauma pélvico
  • Relações sexuais sem proteção
  • Infecção na uretra ou na bexiga
  • Não se hidratar (beber pouca água)
  • Muito estresse
  • Fatores genéticos
  • Orquite

Como tratar a prostatite

O tratamento determinado para a prostatite irá depender da causa do problema, podendo incluir:

  • Suplementos naturais como Evo Prost, que contém vitaminas A, C e E, além de zinco e agentes antioxidantes
  • Antibióticos, no caso de prostatite bacteriana
  • Bloqueadores alfa, que ajudam no relaxamento do colo da bexiga
  • Anti-inflamatórios, que ajudam a aliviar os incômodos e sintomas
  • Massagem prostática, que pode ser feita pelo médico mesmo, ajudando a aliviar os sintomas

Mudanças no estilo de vida também são bem-vindas no tratamento, tal como realizar banhos de assento, evitar muito tempo sentado, evitar consumo de álcool e beber muita água.


6 Maneiras de Usar Gengibre no Tratamento da Tosse

O gengibre é um ingrediente antibacteriano, antiviral e expectorante natural, com muitos benefícios à saúde. Essas seis maneiras de usar gengibre no tratamento da tosse acabarão com o desconforto em um período muito curto.

O que é gengibre?

O gengibre é uma raiz muito poderosa. Suas propriedades o tornam o melhor remédio para vários tipos de doenças. No tratamento da tosse tem um papel de liderança na quantidade de nutrientes que oferece.

É antibacteriano, antiviral, antitússico e expectorante . Quando a consumimos para tratar a tosse, também ajudamos o estômago, porque sua ingestão favorece a digestão, reduz a inflamação do estômago e os gases.

Os antioxidantes do gengibre são basicamente polifenóis, conhecidos como gingeronas, gingeróis e shogaols. Também possui vitamina B6 e C e minerais como cálcio, fósforo, potássio e magnésio. Por outro lado, o ácido linoléico e as enzimas proteolíticas são micronutrientes necessários para proteger o organismo de doenças e fortalecer o sistema imunológico.

6 maneiras de usar gengibre no tratamento da tosse

1. Chá de gengibre

Ingr Edientes

  • 3 colheres de sopa de gengibre fresco (45 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)
  • 1 fatia de limão
  • ½ colher de sopa de mel (12 g)

Preparação

  1. Cortamos o gengibre em fatias e adicionamos a um copo de água quente.
  2. Incorporamos a fatia de limão e o mel .
  3. Mexa para integrar todos os ingredientes, deixe descansar por 5 minutos e beba.

2. Infusão de gengibre com mel

Ingredientes

  • 4 xícaras de água (1 litro)
  • 1 raiz de gengibre (cerca de 100 g)
  • 1 colher de chá de mel (7,5 g)
  • 2 colheres de sopa de suco de limão (30 ml)

Preparação

  1. Em uma panela, colocamos o litro de água para ferver.
  2. Quando ferver, acrescentamos o gengibre, descascado e picado . Deixe ferver por 10 minutos e depois descanse por mais 10 minutos.
  3. Nós coar e servir em um copo. Nós adicionamos mel e mel de limão.
  4. Recomenda-se beber 3 ou 4 xícaras por dia , uma delas antes de dormir.

3. Gengibre, mel e xarope de limão

Ingredientes

  • ½ raiz de gengibre fresco (60 g)
  • 2 limões pequenos fatiados
  • 1 colher de sopa de mel (25 g)

Preparação

  1. Após lavar e remover a pele do gengibre, é cortada em tiras finas.
  2. O limão, previamente lavado, é cortado ao meio horizontalmente e várias fatias são removidas.
  3. Em um recipiente de vidro previamente esterilizado, são colocadas uma camada de gengibre e uma de limão.
  4. É coberto com mel e deixado repousar durante a noite.
  5. É aconselhável tomar uma colher de sopa três ou quatro vezes ao dia como xarope ; Você pode suavizar o sabor com um pouco de água morna, se parecer muito forte. Refrigerado, esse xarope pode durar até quatro meses.

4. Chá de gengibre em pó

Ingredientes

  • 2 xícaras de água (500 ml)
  • 2 colheres de sopa de gengibre em pó (30 g)
  • O suco de meio limão ou laranja
  • 1 colher de sopa de mel (25 g)

Preparação

  1. Ferva a água, adicione o gengibre em pó e misture bem.
  2. Deixe descansar até que a água esteja quente.
  3. Coe e adicione mel e limão ou suco de  laranja .

A raiz de gengibre moído tem um cheiro e sabor muito concentrados . É uma alternativa a certos medicamentos que podem ser introduzidos em cápsulas e depois engolidos; O gengibre em pó também serve para apimentar as refeições. Podemos adicionar meia colher de sopa (7 g) em sopas, carnes, molhos, peixe e purê.

5. Chá preto e gengibre

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de chá preto em ervas (30 g)
  • 1 colher de chá de gengibre (5 g)
  • O suco de um limão
  • 4 xícaras de água (1 litro)
  • 1 colher de sopa de mel (25 g)

Preparação

  1. Corte o limão em pedaços. Descasque o gengibre e corte-o em tiras finas.
  2. Aqueça a água e, quando ferver, adicione os dois ingredientes e deixe em infusão por 5 minutos.
  3. Desligue o fogo e adicione chá preto e mel .
  4. Finalmente, deixe descansar por mais 15 minutos e coe.

Você pode beber duas xícaras por dia , especialmente à noite.

6. Chá de gengibre, mel e echinacea

Ingredientes

  • 2 colheres de chá de raiz ou folhas da equinácea (10 g)
  • 1 colher de chá de gengibre fresco (5 g)
  • 4 xícaras de água (1 litro)

Preparação

  1. Aqueça a água e, quando ferver, adicione a equinácea e o gengibre.
  2. Tampe a panela, desligue o fogo e deixe descansar por 15 minutos.
  3. Após o tempo indicado, coe e beba.

Este chá pode ser tomado três vezes ao dia para hidratar a garganta, reduzir a irritação e acalmar a tosse.